Este website utiliza cookies de forma a garantir uma melhor navegação no nosso site.
Ao continuar a navegar no site, está a concordar com a utilização de cookies. Para mais informação, clique aqui

Weber - Saint-Gobain

Aplicar um revestimento cerâmico como acabamento do sistema weber.therm

Problema

O revestimento de fachadas usando materiais cerâmicos é uma solução com grande utilização e tradição no nosso país.

Em consequência da utilização cada vez mais difundida de sistemas do tipo weber.therm (Isolamento Térmico pelo Exterior) como solução de revestimento
de fachadas em edifícios, a aplicação de revestimentos cerâmicos como acabamento deste tipo de sistema é cada vez mais procurada.

Tal aplicação pode mesmo considerar-se positiva em situações em que a fachada revestida com sistema weber.therm esteja mais sujeita a possíveis agressões mecânicas em zonas de acesso público, como impactos ou pancadas. De facto, o revestimento cerâmico proporciona um considerável aumento da resistência da superfície do sistema weber.therm.

A natureza frágil das placas isolantes aconselha a que a sua utilização como suporte de revestimentos pesados seja feita com adequada ponderação na seleção dos materiais e técnicas de aplicação a utilizar. É neste contexto que se apresenta o novo sistema weber.therm keramic, desenvolvido especificamente para esta utilização.

Solução

O sistema weber.therm keramic pode ser aplicado em obrasnovas (suportes absorventes) ou de renovação (suportesem cerâmico ou pintura), sobre suportes que apresentemconsistência adequada.
Apresenta-se em duas variantes, emfunção da dimensão dos elementos cerâmicos:
weber.therm keramic light: elementos até 900cm2, com peso≤ 20 kg/m2 (até 8mm de espessura, exceto forra cerâmica),de cor clara, altura até 28 m;
weber.therm keramic plus: elementos até 3600 cm2, com peso ≤ 30 kg/m2, de cor clara, altura até 28 m.

Os suportes para aplicação dos sistemas devem ser planos para permitir a colagem integral das placas isolantes. Em suportes novos (reboco ou betão), usar na colagem as argamassas weber.therm pro (weber.therm keramic light) ou weber.therm plus (weber.therm keramic plus); sobre suportes de renovação (cerâmico ou pintura), usar na colagem a argamassa específica weber.therm flex P (em qualquer dos sistemas).

O sistema weber.therm keramic light baseia-se em placas de EPS 100 ou XPS, revestidas com duas camadas de weber. therm pro armadas com rede weber.therm rede normal numa espessura total de cerca de 4 mm, com buchas de fixação aplicadas sobre a rede na primeira camada endurecida. O revestimento cerâmico deve ser colado com uma cola da gama weber.col flex em função da dimensão das peças e as juntas entre peças betumadas com weber.color flex ou premium.

O sistema weber.therm keramic plus baseia-se em placas de EPS 100 ou XPS, com buchas de fixação adicionais à colagem e revestidas com a argamassa weber.therm plus, aplicada em três camadas de modo a perfazer uma espessura mínima de 8 mm. Incorporar duas redes weber.therm rede normal, uma interior na primeira camada junto à placa e outra exterior na segunda camada junto à superfície. O revestimento cerâmico deve ser colado com weber.col flex L ou XL e as juntas entre peças betumadas com weber.color flex ou premium.

Solução com os seguintes produtos Weber

Solução 1

weber.therm pro

Argamassa de colagem e revestimento de placas isolantes em sistemas weber.therm

weber.therm plus

Argamassa de colagem e revestimento de placas de poliestireno expandido

weber.therm flex P

Argamassa de colagem e barramento de placas isolantes em sistemas weber.therm.